Elon Musk conclui compra do Twitter e demite executivos do alto escalão.


Após polêmicas e até processo por desistência, o empresário Elon Musk anunciou nesta quinta-feira (27) a compra do Twitter, em uma publicação na própria rede social. A empresa ainda não confirmou o acordo.


Segundo Musk, a ideia é que não haja uma divisão entre plataformas com pessoas de extrema-direita e extrema-esquerda,


ressaltando a importância de uma área comum que ele acredita ser necessária para a “liberdade de expressão”.



“É por isso que eu comprei o twitter. Não fiz porque seria fácil, não fiz para ganhar mais dinheiro.


Fiz para tentar ajudar a humanidade, reconhecendo que o fracasso em perseguir esse objetivo, apesar de nossos melhores esforços, é uma possibilidade muito real”, destacou.


Musk afirmou ainda que pretende transformar o Twitter na “plataforma de publicidade mais respeitada do mundo” e acenou aos investidores para o fortalecimento da marca e da empresa.



“A todos que têm parceiros conosco, agradeço. Vamos construir algo extraordinário juntos”, concluiu.